escolher coleira antipulgas para gatos ajuda a orientar os gatos de coleira antipulgas
escolher coleira antipulgas para gatos ajuda a orientar os gatos de coleira antipulgas

Como escolher a coleira antipulgas certa para gatos?

Coleiras para pulgas e pomadas para cães tornaram-se comuns na maioria dos lares de animais de estimação, mas e a proteção contra pulgas para gatos? Os gatos também são vulneráveis a infestações por pulgas, que podem ter problemas que vão desde condições leves, como dermatite alérgica, até condições mais graves, como anemia ou infecções por ténias.

Leia também:

Protecção contra as pulgas


Devido aos perigos das pulgas (tanto para os animais como para os humanos), é importante proteger o seu gato. Os gatos de rua que vivem em áreas onde as pulgas são comuns, como áreas gramadas ou arborizadas, têm maior probabilidade de apanhar pulgas. Mas eles não são os únicos em risco. Os gatos que brincam lá fora por pouco tempo também são susceptíveis, já que outros animais podem trazer pulgas para o seu jardim.

Até os gatos de interior podem apanhar pulgas. Ambos cães pois os donos humanos podem involuntariamente trazer estes insectos para dentro de casa e causar um surto. Nesses casos, os gatos que vivem em casa também devem ser tratados.

Por estas razões, é importante investir em um repelente de pulgas de alta qualidade para proteção.

Tratamento após um surto


Quer você queira proteger seu gato ou tratar uma infestação de pulgas existente, as coleiras são uma das principais opções recomendadas pelos veterinários para prevenir e tratar as pulgas em gatos. Alguns colarinhos têm até o benefício adicional de prevenir e tratar carrapatos também.

Como funcionam as coleiras para pulgas de gato?


As coleiras antipulgas são um método seguro e eficaz de prevenir e matar as pulgas. As coleiras contêm medicamentos para pulgas que são libertados ao longo do tempo em baixas doses e espalhados pelo pêlo e pelo corpo de um gato.
Embora os colares possam parecer confusos, eles podem na verdade ser mais limpos e sem problemas do que outras opções de tratamento contra pulgas (como pomadas). O ingrediente activo num colarinho de pulgas espalha-se lentamente mas seca rapidamente, por isso é pouco provável que seja limpo nos seus móveis ou outras superfícies.

Ao considerar se as coleiras antipulgas para gatos são a escolha certa para o seu gato, é inteligente considerar os prós e os contras de uma coleira antipulgas em oposição a outros tipos de tratamento:

Vantagens das coleiras antipulgas


A principal vantagem de uma coleira antipulgas é que é improvável que o seu gato ingira acidentalmente a medicação. Outras opções, tais como pomadas, podem ser facilmente lambidas de diferentes partes do corpo.

As coleiras para pulgas também requerem o mínimo de trabalho para o dono do gato. A maioria das coleiras são desenhadas para funcionar durante sete ou oito meses, por isso quando o seu gato se habituar a usar uma coleira, não precisará de a trocar ou substituir frequentemente.

Desvantagens das coleiras antipulgas


Dito isto, há algumas situações em que uma coleira pode não ser o melhor método para o tratamento de pulgas. Os colares podem representar riscos de segurança se tiver filhos pequenos ou se parte do colar se partir. Além disso, alguns gatos simplesmente se recusam a usar um. Se o seu gato não tolera uma coleira normal, é pouco provável que use uma coleira para pulgas.

O que ter cuidado ao comprar coleiras antipulgas para gatos


O que você deve procurar ao comprar uma coleira para pulgas de gato? Em primeiro lugar, as coleiras antipulgas para gatos não são tão populares como as suas congéneres caninas, pelo que há menos opções à escolha. Qualquer que seja a marca que decida comprar, aqui estão algumas coisas a ter em conta:

Mata pulgas, larvas de pulga e carrapatos"As melhores coleiras antipulgas são um balcão único que irá combater todas as pragas mais comuns relacionadas com insectos. Para as pulgas, o princípio activo deve visar tanto as pulgas adultas como as suas larvas.

Colarinhos separatistasOs gatos são naturalmente saltadores e alpinistas. Portanto, é importante protegê-los de ferimentos, garantindo-lhes uma coleira separadora. Como as coleiras normais, as coleiras antipulgas para gatos devem poder ser separadas se o seu gato ficar preso num ramo de árvore, numa cerca, etc.

Reflectores: Estes não são necessários, mas são uma boa característica extra em alguns colarinhos. Os painéis reflectores ajudam a garantir que o seu gato é altamente visível à noite, protegendo-o dos carros ou facilitando a sua localização no escuro.

os melhores gatos de coleira antipulgas a coleira antipulgas correcta para gatos
Se o seu gato já está usando uma coleira, ele não terá problemas com uma coleira para pulgas. Alguns gatos, no entanto, recusam-no completamente, neste caso é melhor contactar o veterinário para encontrar um tratamento alternativo.

Coleira antipulgas Segurança


No passado, as coleiras antipulgas tinham má reputação devido à adição de pesticidas, uma vez que os cientistas descobriram que os químicos anteriormente utilizados eram tóxicos para animais de estimação. Hoje em dia, no entanto, as coleiras antipulgas não contêm estes ingredientes e são uma solução completamente segura e eficaz quando usadas de acordo com as instruções do fabricante.

Para ser mais cuidadoso, listamos abaixo alguns ingredientes que você deve evitar.

Ingredientes a evitar


Ao comprar uma coleira antipulgas para gatos, evite ingredientes que possam causar efeitos colaterais perigosos se ingeridos, ou ingredientes que não devem ser usados ao redor de crianças. Estes incluem:

  • Deltametrina: Este pesticida tem sido ligado a problemas neurológicos em gatos quando ingerido e é melhor evitá-lo para prevenir a exposição acidental.
  • Permethrin: (utilizado em algumas coleiras para pulgas de cães) Os produtos químicos utilizados nas coleiras para pulgas de gatos diferem dos utilizados nas coleiras para pulgas de cães. Alguns produtos químicos nas coleiras para pulgas de cães são tóxicos para os gatos, incluindo permetrina. Nunca use uma coleira para pulgas de cão no seu gato.
  • Organofosfatos, incluindo amitraz, fenoxicarbe, propoxur e TCVP
  • Produtos naturais contendo gerânio, eucalipto ou óleo de poejo: estes são tóxicos para os gatos.


Efeitos secundários das coleiras para pulgas de gato


A boa notícia é que as coleiras antipulgas para gatos geralmente causam poucos ou nenhuns efeitos colaterais. Alguns pesticidas, como o Nitenpyram, podem fazer com que as pulgas se tornem mais activas à medida que morrem. Embora isto possa causar comichão temporária, é um sinal de que o produto está a funcionar e não um sinal de toxicidade.

É possível que o seu gato possa ingerir acidentalmente algum pesticida se ele lamber a coleira, ou se vários gatos se lamberem uns aos outros. No entanto, a maioria dos ingredientes dos colarinhos modernos causam apenas efeitos secundários suaves. Se o seu gato ingerir algum produto, pode sentir náuseas, vómitos ou diarreia, mas os efeitos são temporários. No entanto, é uma boa ideia contactar o seu veterinário se achar que o seu gato ingeriu algum dos medicamentos, especialmente se este apresentar sintomas.

Segurança em torno das crianças


A principal questão de segurança com coleiras antipulgas é o risco de exposição a pesticidas para crianças. Como as crianças frequentemente tocam o seu gato ou cão e/ou põem as mãos na boca, pequenas quantidades de pesticida podem ser absorvidas através da pele ou entrar no seu tracto digestivo. Embora a segurança das coleiras antipulgas tenha melhorado muito nos últimos anos, isto ainda pode ser um problema. Se você decidir usar uma coleira antipulgas ao redor de seus filhos, escolha uma que não contenha TCVP ou Propoxur.

Se preferir não usar uma coleira antipulgas em crianças, pergunte ao seu veterinário sobre métodos alternativos de prevenção das pulgas, como a medicação oral. Alguns sprays naturais de prevenção de pulgas, como os que contêm óleo de cedro, também são seguros para uso em bebés e crianças pequenas. No entanto, o compromisso com os produtos naturais é que eles são frequentemente menos eficazes do que os seus homólogos químicos.

Perigo de asfixia e obstrução


Finalmente, uma coleira antipulgas em si pode ser um risco de segurança se for quebrada. Certifique-se de que a coleira do seu gato está sempre bem presa; se você vir qualquer peça solta ou se parte da coleira cair, substitua-a para evitar o risco de seu gato engoli-la.

Partilhar no facebook
Facebook
Partilhar no twitter
Twitter
Partilhar no pinterest
Pinterest
Partilhar no whatsapp
WhatsApp
pt_PTPortuguês